Banner

Luckro Blog

Indicadores de desempenho: como avaliar seu negócio

Publicado por infoluckro em 31/ago/2016 14:30:00

Para uma empresa ter sucesso é preciso sempre avaliar seus resultados e descobrir o que pode ser melhorado. É por isso que os indicadores de desempenho são tão importantes.

Você sabe como os indicadores de desempenho funcionam? O que a sigla KPI significa e qual sua finalidade?

Nesse post, você saberá quais são os tipos de indicadores de desempenho.

 

O que é KPI e qual sua finalidade?

 

Os KPI, do termo em inglês Key Performance Indicator (Indicador Chave de Performance), são as ferramentas de gestão utilizadas por empresas de pequeno e grande porte, em qualquer lugar do mundo. Ela serve para medir e avaliar o desempenho dos processos de um negócio.

Existem tipos diferentes de indicadores de desempenho, cada um com uma finalidade variada, de acordo com sua circunstância.

Os KPIs podem ser quantitativos ou qualitativos, isso significa que, dependendo do tipo de indicador escolhido e a intenção do gestor, é possível avaliar os resultados tanto nos números quanto na mensuração da qualidade dos processos feitos.

A principal finalidade dos KPI’s é assegurar o seguimento de metas de negócio, facilitando a identificação de desvios e acionamento de ações que os corrijam sem comprometer os resultados. Eles ainda são uma importante ferramenta para mensuração de eficácia e eficiência, ou seja, quanto custa para alcançar um resultado e o quanto o negócio pode melhorar com os mesmo recursos.

Os indicadores se enquadram como veículos de comunicação organizacional, já que, com esses resultados, é possível compartilhar esses dados com os colaboradores de diversos níveis hierárquicos de uma empresa.

Assim, pode-se concluir que os diferentes tipos de indicador de desempenho conseguem transmitir, ao mesmo tempo, os valores da empresa, a visão e a missão aos seus colaboradores, mostrando a importância de cada trabalho em um contexto coletivo.

Captura_de_Tela_2016-08-30_as_16.45.03.png

Melhore seus indicadores de desempenho com as técnicas de KPI.

 

Tipos específicos de indicadores de desempenho mais utilizados

 

Conheça alguns indicadores específicos para avaliar seu negócio:

 

  • Time to Market: Esse termo remete ao tempo de lançamento de um produto, desde as fases iniciais de idealização até a disponibilidade de venda para os consumidores.
  • Lead Time: É o tempo de duração de um determinado processo.
  • Stock Out: Esse indicador é o número de vezes ou período de tempo que um determinado item é esgotado em estoque.
  • Market Share: Aponta a fatia ou a porcentagem de mercado conquistada por um produto ou item durante um determinado período de tempo.
  • Ociosidade: Calcula o tempo, em porcentagem, que uma equipe, unidade de construção ou máquina ficou sem produzir nada.
  • Giro de estoque: Esse indicador de desempenho dá uma relação direta entre a saída de um produto e o saldo médio em estoque.
  • Turnover: É a equação simples de substituição de colaboradores, é o resultado da diferença numérica entre admissões e demissões na empresa.
  • Ticket médio: É o valor total de receita dividido pelo total das vendas.

 

Existem também tipos de indicador de desempenho exclusivos de empresas online, como por exemplo os sites de E-Commerce. Confira agora alguns exemplos:

 

  • Taxa de conversão: Resultado do total de vendas dividido pelas visitas do site.
  • Taxa de rejeição: A porcentagem de visitantes que acessaram apenas uma página do site e não continuaram a navegar, saindo logo em seguida.
  • Índice de engajamento: O valor total dos visitantes que tiveram alguma interação com o site dividido pelo número total de visitantes.
  • Índice de influência social: Esse indicador é muito utilizado nas redes sociais. Se remete ao total dos posts que tenham interação (curtidas, rts) dividido pelo número total de posts publicados.

 

Tipos de indicadores de desempenho de processos

 

Os indicadores a seguir correspondem a partes diferentes do processo de produção de um item e ajudam a avaliar como anda o seu negócio.

 

Captura_de_Tela_2016-08-30_as_16.44.51.png

Melhore seu negócio através de um bom planejamento e os indicadores de desempenho.

 
  1. Indicador de Capacidade: Relação da quantidade de produtos que podem ser produzidos e o tempo que leva para que isso aconteça.
  2. Indicador de Produtividade: O resultado da conta das saídas geradas por um trabalho e os recursos que foram utilizados para isso.
  3. Indicador de Qualidade: A relação das saídas totais e as saídas de produtos sem nenhum defeito, ou seja, adequados ao uso.
  4. Indicador de Lucratividade: O percentual entre o lucro da empresa e as vendas totais.
  5. Indicador de Rentabilidade: É a relação percentual entre o lucro gerado pelas vendas e o investimento feito na empresa.
  6. Indicador de Competitividade: Se caracteriza pela relação de uma empresa com sua concorrência. O Market Share é um índice que pode ser usado nesse caso.
  7. Indicador de Efetividade: Esse índice busca juntar a eficácia com eficiência na sua empresa.
  8. Indicador de Valor: Se trata da relação entre o “valor percebido”, por exemplo, ao se receber um produto, e o valor que foi necessário para a obtenção desse produto.

 

Captura_de_Tela_2016-08-30_as_16.44.36.png

Seja um bom gestor e utilize os indicadores de desempenho para avaliar o seu negócio!

 

A Luckro

 

A rede social dos varejistas, vendedores e marcas pode ajudar a aumentar a performance do seu negócio, reduzindo custos no processo de compras e aumentando a eficiência das vendas.

Na plataforma online, você pode pesquisar ofertas e propostas de negócio, podendo diminuir o tempo e o custo  necessário para procurar novos fornecedores e novos clientes.

 

Conheça mais sobre a Luckro.

 

E aí, gostou do post? Conhece mais algum indicador de desempenho que não foi citado em nossa lista? Conte para a gente nos comentários!

Topics: gestão de processos, ferramentas de gestão, Indicadores de desempenho

Assine atualizações por Email

Posts por Topico

Veja todos

Capitulo do Futuro das Vendas (em breve!)

Aqui debatiremos as mudanças e disrupções dos processos e equipes de venda que atendem aos varejistas